LITERATURA SEM FUNDO.png

             A POESIA DE 
     Paulo Roberto dos Santos


   Semblantes de um silêncio, de Paulo Roberto dos Santos, editado pela Todavoz Editora em 2022, é um livro delicado e, ao mesmo tempo, ardente e desassossegado. A edição tem capa ilustrada com semblantes diversos em tons terrosos, produzida por Alex Coelho, prefácio do escritor Márcio Sampaio, da Academia Mineira de Letras e orelhas de Regina Marinho, da Academia de Letras de Pará de Minas.
   Com poemas curtos de versos livres, alguns rimados, Paulo Roberto lida com o silêncio e o tempo do ontem, do hoje e do devir. Poesia que, surgida pelo chamado do tempo num silêncio de madrugada, verseja alegria, tristeza, finitude, loucura, denúncia social, perplexidades, insônia, depressão, vida e morte com delicadeza provocativa, aguda, afiada, às vezes, irônica. Assim, leva o leitor a  alegrar-se, divertir-se e refletir com  poemas compostos em linguagem simples, objetiva e muito profunda sobre o viver e o morrer. 

CAPA PAULO SITE.jpg