AS PÉROLAS por trás 
das montanhas de Minas

IMG-20190110-WA0030_1.jpg

EDITORA

Fátima Peres

Dizem que Minas, se comparada a um país, seria do tamanho da França. Porém, se pensarmos na produção de cultura e gastronomia, nosso estado é gigante. 
   Minas Gerais conta com os mais variados microclimas existentes no planeta. É capaz de produzir alimentos que necessitam tanto de climas frios, quanto de quentes ou temperados. Temos montanhas com grandes altitudes que chegam a até 2.900 metros, chapadas e muita água, tão necessária ao plantio. O estado é conhecido como a caixa d’água do Brasil, devido à presença das nascentes de importantes bacias hidrográficas brasileiras em nosso território.
   Aqui, “em se plantando, tudo dá”, já dizia Pero Vaz de Caminha, escrivão da frota de Pedro Álvares Cabral, em carta ao rei de Portugal, Dom Manuel. Realmente a nossa economia é pujante. O agronegócio é um dos destaques com a criação e produção de carne bovina, de milho, de leite e as pérolas vermelhas e amarelas ou seja, o nosso precioso café. 
   Minas é o principal e maior produtor dos melhores cafés do Brasil.  Reconhecidas mundialmente, as nossas pérolas são cobiçadas pelas indústrias e paladares mais requintados e para os seus mais diversos usos. Não só para o simples prazer de tomar a bebida pura como para elaborar sofisticados drinks. A escritora e jornalista Lígia Muniz, em visita às fazendas mineiras de café é quem nos conta, de forma poética, um pouco dos prazeres e do seu encantamento com esse grão tão importante em nossa cultura. 
   Outra pérola que Minas tem produzido é a arte da música clássica. Fundada em 2008, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais se tornou, em pouquíssimo tempo, referência no Brasil e no mundo por sua excelência artística e vigorosa programação. Conduzida pelo seu Diretor Artístico e Regente Titular, Fabio Mechetti, a orquestra é composta por 90 músicos de todas as partes do Brasil, Europa, Ásia e das Américas. Caro leitor, não deixe de ler a reportagem sobre a Filarmônica.
   E para finalizar, trazemos em nossas páginas, dicas de livros, cinema, resenhas, drinks de café, de viagem gastronômica, festival do biscoito e a cobertura do Galo Rock que aconteceu em Pará de Minas, além do texto, super bacana, do professor de literatura da UFV, Sílvio Ramiro. No mais,
boa leitura!

Colaboradores desta edição

PERFIL NANDO.jpeg
Silvio.jpeg
foto Terezinha 2.jpg
Moção de Aplauso 1.png

VINHOS

ARTIGO

RESENHAS

Entrevista

COM A PALAVRA

Fernando José

Sílvio Ramiro

Terezinha Pereira

Valmir José